Procedimentos

CÂNCER DE PELE

Dos tumores existentes, o câncer da pele é o mais frequente. Muitos deles poderiam ser evitados se medidas de prevenção fossem aplicadas em tempo apropriado, permitindo assim sua cura. Existem três tipos de câncer de pele: carcinoma basocelular, espinocelular e melanoma.

Qualquer pessoa pode ter câncer da pele, principalmente as de pele, olhos e cabelos claros, que sempre se queimam e nunca se bronzeiam. Além desses, ruivos e portadores de “sardas”, pessoas que se expõem ao sol por muito tempo ou os que possuem história familiar de tumor na pele também estão no grupo de risco.

Reconheça alguns dos sinais precoces

• Lesão na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida;
• “pinta” preta ou acastanhada que muda sua cor, textura, apresenta bordas irregulares e aumenta de tamanho;
• “mancha” ou ferida que cresce e apresenta crostas, erosões, sangramento e não cicatriza.

Principais Causas:

• A radiação ultravioleta proveniente dos raios solares e cabines de bronzeamento artificial é a principal responsável pelo desenvolvimento do câncer de pele;
• A exposição excessiva e prolongada ao sol contribui não só para o risco no desenvolvimento do câncer como também para o envelhecimento precoce da pele;
• O efeito da radiação ultravioleta é cumulativo, ou seja, mesmo depois de parar de se expor ao sol, as alterações da pele podem se manifestar anos depois;
• Além da radiação solar outros fatores como raios X e certas substâncias químicas podem levar ao câncer da pele.

Como prevenir

• Examine sua pele regularmente;
• Proteja-se dos raios solares através do uso de roupas e/ou filtros solares adequados; Não se esqueça que a radiação solar é mais intensa entre 10 horas da manhã e 3 horas da tarde”;
• Mantenha-se à distância do bronzeamento artificial;
• Faça check up com o dermatologista anualmente.

Importante!

Lembre-se! A maioria dos casos podem ser curados quando diagnosticados precocemente.